Como nasce e morre uma estrela

0
110140
estrela
estrela

Você já parou para pensar do que é feito, de onde veio e qual o fim de uma estrela como o nosso Sol? Então vão ai as fases dessas da vida desses astros de enfeitam de forma espetacular o nosso universo. Você sabe como nasce uma estrela? O que acontece com um estrela ao longo de sua vida? Como morre uma estrela? Continue lendo e veja tudo que acontece desde o nascimento até a morte de uma estrela.

COMO NASCE UMA ESTRELA

Uma estrela é a união de gases, normalmente pelo hidrogênio. Existem centenas de milhares de partículas no nosso universo, devido a força gravitacional que cada uma delas emitem, onde começam a se atraírem e essa gravidade tende a esmagá-las fazendo uma fusão dos átomos no seu interior, no qual iniciasse uma reação que transforma o hidrogênio concentrado em hélio o que gera uma enorme quantidade de calor e luz que a envolve por completa, assim tornando-se um corpo celeste que emite luz ou simplesmente uma estrela.

A VIDA DE UMA ESTRELA

Após estar “totalmente estruturada”, a estrela passa por toda sua vida praticamente em um eterno estado de equilíbrio, sem grandes mudanças nas suas características, permanecendo de forma constante até o seu fim. O Sol, segundo os pesquisadores, está na sua meia-vida com 4,5 bilhões de anos, mas quando o seu hidrogênio se esvair por completo, daí que a parada fica séria, pois até agora o fim do Sol é o único fim da humanidade que se tem como fato cientifíco.

No fim da sua vida a estrela entra em uma fase de maturação, iniciando as suas maiores transformações. O hidrogênio se dissipa por estar constantemente se transformando em hélio, o que acarreta em uma etapa de enormes contrações de repetidas vezes na estrela o que eleva de forma extrema a quantidade de calor emitida pela estrela revertendo seus movimentos fazendo a se comportar de forma bem agressiva, expandindo o seu raio em até 50 vezes e seu calor se dissipa. Assim a estrela se transforma em uma gigante vermelha, estudiosos e pesquisadores estimam que o Sol chegará a possuir até 200 vezes o seu tamanho original.

A maior estrela que se conhece é a VY Canis Majoris, ela é uma estrela hipergigante vermelha, esta estrela é incrivelmente 2100 vezes maior que o Sol com o seu raio estimado em 987.600.000 bilhões de quilômetros.estrela

O fim de uma estrela é muito relativo a sua quantidade de massa corpórea, daí então conhecesse três tipos de mortes de uma estrela; quando ela se torna uma anã branca, quando explode como uma supernova seguida por uma estrela de nêutrons e quando ela se torna um buraco negro.

ANÃ BRANCA

ANÃ BRANCA
ANÃ BRANCA

Estimasse que para uma estrela das proporções do Sol a sua fase de gigante vermelha dura em média 2 bilhões de anos, em seguida ela se transforma em uma enorme Nebulosa Planetária e no seu centro está o que sobrou da estrela, o “cadáver” do astro constituído de carbono e oxigênio sendo assim ela uma estrela Anã Branca, terminando os seus dias esfriando sem se apagar totalmente e com tamanho 100 vezes que o seu tamanho original.

ESTRELA DE NÊUTRONS

ESTRELA
ESTRELA

Quando a massa é de 2 a 3 vezes maior que a do Sol a contração final é tão forte, fazendo com que a fusão continue, tal que o hélio vai se tornando cada vez mais denso e pesado a te se transformar em ferro. O núcleo fica tão pesado que não consegue se sustentar independentemente e desaba, liberando tanta energia que de fato a estrela se despedaça, este é o famoso fenômeno chamado de Supernova.

Agora se o núcleo da Supernova for de massa inferior a 3 massas solares o que restará é uma densa crosta de ferro solido e por cima uma camada constituída de nêutrons, formando o segundo corpo mais denso do universo, a Estrela de Nêutrons.

O homem foi mesmo na lua?

10 curiosidades sobre a super lua

Como rever os posts do snapchat

BURACO NEGRO

BURACO NEGRO
BURACO NEGRO

Essa é a pior situação que poderia se acontecer a uma estrela, se o núcleo que explodir for mais que 3 vezes maior que o Sol o destino da estrela é se contrair até se tornar um ponto de gravidade no espaço sem diâmetro nenhum e tão denso que nem a luz escapa da sua gravidade.

Cientistas estimam-se que este será o fim do nosso Sol, claro que não estaremos aqui para ver isso mas a humanidade que enxergar esse evento, tal que será daqui aproximadamente 4,5 bilhões de anos, o Sol irá engolir toda a Terra e provavelmente todo o Sistema Solar e depois se colapsar tornando-se um Buraco Negro o corpo mais denso do universo engolindo tudo o que estiver ao seu redor.

Texto escrito por Yago Rodrigues.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA