E se isso for saudade?

"...Saudade é não saber mesmo! Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos; Não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento; Não saber como frear as lágrimas diante de uma música; Não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche..." Miguel Falabella

0
1937

Talvez seja sua crise financeira,ou até mesmo seu desemprego, podemos aposta na sua fragilidade emocional, ou na sua vida familiar (que não vai lá essas coisas). Mas e se não for nada disso? E se for aquele sentimento que nos traz recordações doídas do passado? E se for o próprio passado? E se for atitudes que não eram da sua personalidade? E se for… saudades? É amigo saudade. Esse sentimento que pode doer ou fazermos rir, mas que pode ser considerado o sentimento mais verdadeiro e maravilhoso do mundo. Esse no qual está intimamente ligado com o amor e a paixão. Na filosofia é entendida por Memórias. Memórias de um passado amargo, ou dia um passado bem distante, mas que ainda mete você a submissão desse sentimento. Também pode não ser um passado doloroso, mas sim um recordação, ou melhor saudade de ter vivido aquele momento tão incrível, no qual você intitula de : “O Melhor da minha vida”.

A saudade é um sentimento que já existe muito antes de nascermos. Como exemplo, podemos citar a história bíblica de Adão no Jardim do Éden. No qual vendo Deus que Adão estava sozinho, decidiu criar uma companheira para o seu dia-a-dia. Nessa história podemos imaginar como foi Difícil para Adão e Eva saberem como é a vida sem viver nas maravilhas como era o Jardim, ou seja, eles sentiam saudades daquele tempo em que andavam nus sem nem perceberem. Outro exemplo de saudade será a do famoso cantor sertanejo, Cristiano Araújo, que em seu enterro teve milhares de fãs e amigos para se despedirem dele. E hoje toda vez que alguém ouve a música, “Cê que sabe”, lembraram dele somente por uma frase: ” O que temos para hoje é saudade”.

Sentimos falta de objetos, empregos, viagens, porém a saudade mais real que existe… é a saudade por uma pessoa. E não digo apenas de casais que conviveram por toda a sua vida em um romance que os afastou um do outro, seja por distância de Km, ou apenas saudade por saber que a pessoa amada…” partiu dessa para melhor”. Mas também digo de saudades de amigos de infância, saudades de mães longe de seus filhos, saudades de sua verdadeira nação. Ou seja, qualquer tipo de saudade.

Ela sempre vem, e o mais importante de tudo é que quando ela vem, devemos deixa-lá livre. Não podemos prender a saudade nos o prazer da nossa imaginação de que: ” Está tudo bem, isso passa”, ” Não preciso dele(a), sou um ser livre”.

Deixa esse sentimento dominar você, ele vai parar, não sei quando, mas vai parar. E ele vai parar quando você ver que tudo isso foi, ou é, fruto de uma experiência incrível. Não tenha medo da saudade, como já disse neste artigo, a saudade está ligada ao amor e a paixão, então não tenha medo de amar ou se apaixonar.

E antes que eu acabe este artigo, nos equipe do site Planeta Escuro, separamos algumas imagens que refletem sobre a saudade para você meu caro leitor.

Ideia de Artigo: Carol Loreto, obrigado Carol.

Muito Obrigado Pela sua Leitura!

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA