Sistema S: SESI, SENAI, IEL, SEBRAE… está ameaçado?

Governo deseja retirar 30% do Sistema S, fazendo com que escolas fechem.

1
1461
sistema s

O sistema S está ameaçado?

Geralmente quando temos nossas dívidas, buscamos a melhor maneira de quitá-los. Fazemos hora extra no trabalho, economizamos, pedimos ajuda de familiares e amigos. A única coisa que se pode eticamente fazer, é querer se dar bem em cima de outras pessoas. Mas “parece que o governo federal está carente ou faltou à aula de filosofia sobre ética”, para aprender que: olho gordo é uma falsa opção de ajuda.

O alvo dessa vez foi o sistema S. Para você que não sabe o que isso significa, o Sistema S abrange as melhores famílias da educação sendo elas: SESI, SENAI, IEL, SEBRAE… Esse sistema nada mais faz do que qualificar profissionais para o futuro no mercado de trabalho. Tendo também um padrão de educação que se seque a mais de 70 anos. O currículo de uma pessoa que nele está presente uma das instituições do Sistema S é como se fosse inesperadamente ter um funcionário estrela sem ele ao menos ter entrado dentro dela.  Por ter um número grande de empresa pelo Brasil, sua verba (pode-se dizer) chega milhões. Como resultado de sua abrangência (o que não é ruim, pois, muitas pessoas podem assim ter acesso à educação de qualidade) o governo federal anunciou no último dia 14 de setembro, propondo que 30% dos recursos destinados ao Sistema S fossem confiscados e desviados para quitar suas dívidas para 2016. E no dia 25 de setembro o informativo foi entregado aos alunos do SESI e SENAI anunciando os pactos que ocorreriam caso esse desvio fosse efetuado.

A ajuda dos alunos é vital para que o desvio não seja efetuado. Isso remete ao conceito de cidadania que segundo o sociólogo Herbert de Souza (Betinho), “cidadão é um individuo que tem consciência de seus direitos e deveres e participa ativamente de todas as questões da sociedade. Tudo o que acontece no mundo, acontece comigo. A ideia de cidadania ativa é ser alguém que cobra propõe e pressiona o tempo todo. O cidadão precisa ter consciência de seu poder.” Logo se isso ocorre o governo federal não irá fechar várias escolas do sistema S prejudicando assim indústrias com a falta de mão de obra levando então o Brasil a uma crise muito pior do que já está, pois as pessoas continuaram analfabetas de seus direitos.

De conformidade com a música “Nós maior que eles” da banda Scalene : “ Nós somos a maioria.”

1 COMENTÁRIO

  1. Infelizmente chega a nós essa triste notícia. Seo governo fazer mesmo isso com o sistema S, como as industrias do país vai arrumar funcionários qualificados para trabalhar? Es a questão.

DEIXE UMA RESPOSTA